Avaliação de Fragrâncias Prada La Femme: Tensão Cremosa para as Sedutoras Modernas

Prada La Femme: Tensão Cremosa para as Sedutoras Modernas

10/28/16 08:24:37 (3 comentários)

por: Elena Vosnaki

A perfumista Daniela Roche-Andrier parece term conseguido sem esforço fundir um distinto estilo olfativo ao longo da coleção de perfumes de Prada. Ele lindamente combina a tradicional expectativa de uma luxúria encorpada com sofisticação e humor contemporâneos, ganhando um uma sequência dedicada no seu despertar, julgando pelo status de best-seller das coleções Iris e Amber respectivamente.

A linda tensão entre florais brancos e vetiver é o bloco de fundação da mais recente Prada fragrance para mulheres, simplesmente chamada Prada La Femme (em acordo com o igualmente direto L’Homme). Em essência, ele encapsula a glória reinante da moda de Prada em si. A casa oferece roupas tradicionalmente cortadas com materiais luxuosos visto através da sensibilidade moderna de não ter que impor um papel, mas em vez disso melhorar a atividade de alguém através deles. Eles podem ser leves como uma pena, desengatando o usuário da formalidade e rigidez de um terno feito sob medida, assim respondendo à necessidade da feminista em definir seu papel para si mesma, mas ao mesmo tempo permitindo uma sensualidade sem fazer reservas.

Prada La Femme bottle

Lendo sobre algo fragrante chamado “La Femme” (e respectivamente “L’Homme”) eu sempre me deparo com a questão se é uma tentativa conivente de dar mais gravitas do que merecido ou simplesmente o esforço de uma marca para estabelecer que a oferta em questão é a sua principal oferta autônoma... pelo menos para o breve período de tempo entre lançamentos. Afinal, há muitas e variadas "femmes" e "hommes" entre as linhas de perfume, de Chanel e Dolce & Gabbana. Por que Prada seria diferente?

O interessante é que seu Prada La Femme não está quebrando com o molde, apresentando um conceito que é de massa (flores brancas com um toque de salicilato que rende um toque de bronzeador para o todo e um pano de fundo vanílico para um calor oriental, tudo muito bem feito), ainda ele consegue incorporar o espírito de Prada para um T. Muito como Infusion d'Iris se catapultou para as listas dos mais vendidos e mais respeitados através de sua perfeição brilhante de design de cima para baixo (dos rótulos, do tom de verde, das tampas de prata e do perfume vegetal amadeirado em si), Prada La Femme parece muito como um esforço valioso em cimentar a exata feminilidade com que Prada e Daniela Andrier têm estado ocupadas em criar desde que a linha de perfumes começou.

De uma marca que usou os textos gnósticos (O Trovão, Mente Perfeita para ser exato) para acompanhar sua fragrância Prada Amber mais pesada, patchouli carregada para mulheres em um clipe tirado por Sir Ridley Scott, pode-se esperar o toque certo de sofisticação. E, de fato, seu último feminino não decepciona. Mesmo os frascos e embalagens parecem refletir essa estranha modernidade da marca, que não é sem referência ao tipo de luxo italiano, que se manifesta não nas insígnias e logos que o esporte, mas na qualidade do artesanato e materiais utilizados.

Conclusão: Você não deve esperar uma fragrância inovadora em La Femme, mas ela é bastante usável. Eu prevejo um grande sucesso para ela!

 

Elena Vosnaki

Elena Vosnaki é historiadora e escritora sobre assuntos de perfume na Grécia, além de escrever e representar o Fragrantica grego. Ela é fundadora e editora do Perfume Shrine, uma das mais respeitadas revistas on-line independentes sobre perfumes, contendo discussões sobre fragrâncias, entrevistas a respeito da indústria da perfumaria, ensaios sobre matérias-primas e a própria história do perfume, ela é vencedora do Fragrantica Blog Awards e finalista em inúmeros outros concursos em Blogs.

Sua escrita foi reconhecida nos Fifi Awards for Excellence Editorial em 2009 e 2011. A mesma colabora com publicações em todo o mundo.

Tradução: Daniel Barros



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

Celina DTTP
Celina DTTP

Eu temho e gosto muito. Mas uso preferencialmente em diss frios ou a noite. Engraçado achei inovador sim. Nao que nao tenha sentido suas notas em outros perfumes antes mas a fragrância como um todo é diferente do que vem sendo lançado ultimamente ate pela propria Prada. Estou usando em ocasioes em que queira parecer diferente. E amando!

Nov
08
2016
sandy123
sandy123

Cheirei noutro dia em Lisboa, e achei forte e meio masculino no inicio! projeta bem e fixa tb mto bem.

Perfume pra mulher forte, decidida, q gosta de cheiros fortes com rasto, invade um pouco o ambiente no inicio. parece nos primeiros 20 minutos perfume de homem mas depois começa a abrir pra floral.

não é o meu estilo de perfume e não compraria. prefiro mil vezes as versões candy q fizeram q adoro!

Nov
04
2016
Giseleuchoa
Giseleuchoa

Adoro o estilo dos perfumes prada, já quero o "casal" no escuro mesmo.

Oct
30
2016

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Marcas populares e perfumes: