Avaliação de Fragrâncias Galop d'Hermès: Mais Sobre a Estréia da Nova Perfumista Residente Christine Nagel

Galop d'Hermès: Mais Sobre a Estréia da Nova Perfumista Residente Christine Nagel

08/24/16 11:59:38 (Um comentário)

por: Sophie Normand


Hermès lançou recentemente em suas lojas a nova fragrância feminina Galop, que será distribuída através de suas boutiques a partir de Setembro de 2016. Como já tínhamos falado em Julho, este é o primeiro grane perfume Hermès assinado por Christine Nagel, que sucede a  Jean-Claude Ellena como perfumista residente da clássica casa francesa.

A criação é apresentada como um Extrait de Parfum, uma alta concentração que tem seus efeitos no preço, mas podemos facilmente imaginar que será subsequentemente oferecido em Eau de Parfum, menos exclusivo, para chegar a um público mais alargado.

Esta é uma novidade altamente aguardada, porque marca oficialmente os primeiros passos de Christine Nagel nas rédeas da divisão de perfumes da Hermès, após ter concebido  L’Eau de Rubarbe Ecarlate para a mesma casa em sua linha de Colônias. O nome foi escolhido com as raízes da casa, o fabrico de selas, em mente. O soberbo frasco em forma de estribo pode ser visto como uma referência à equitaçao. 

Bottle of GalopGalop d'Hermès, um soberbo frasco em forma de estribo 

Além do universo equestre, é também a imagem de uma mulher em movimento e a sensação de tocar em pele de bezerro Doblis que inspirou a nova perfumista da casa. O resultado é uma visão encarnada em couro, vestida com uma rosa carnal para exprimir a feminilidade que emana do perfume. É uma rosa densa e aveludada, com toques frutais que salienta a groselha, que é muito presente no topo. Este luxuriante material verde se mistura com o coração floral da fragrância, e a acidez é enriquecida com toranja. A pêra chega um pouco mais tarde para criar um efeito de "marmelo", sutil, nunca gourmand, o que prova o quão bem Christine Nagel lida com o registo frutal.

A woman in motion Uma mulher livre em movimento

Apesar de não ser mencionado nas notas oficiais, parece-me haver um toque de violeta (methyl ionone) e outras notas florais, que aumenta a textura carnal da rosa (mimosa, osmanthus, os tons verdes e terrosos do absoluto de tuberosa?). É uma dimensão que floresce no cenário verde e de couro do perfume, em que a isobutil quiloneína arredonda o frutal e aveludado almíscar de ambrette com um toque de baunilha. O couro é verde, macio, quase com patine de tons melífluos. Suave e denso, o perfume assenta como veludo na pele. O rastro vai e vem, ondula, presente sem ser opressivo ou intenso, com esta elegante e típica sutileza da casa.

Bottle and box of Galop

O belo frasco de Galop em sua caixa

Claramente, esta é uma fragrância mergulhada nos códigos da Hermès. Podemos encontrar aqui a aura de grandes clássicos, tais como  24 Faubourg ou Rouge d’Hermès. Mas é em Chamade de Guerlain, um oriental floral com uma forte nota de groselha, que eu encontro semelhanças em termos de silagem e poder quando eu uso Galop, apesar de a partir do aspeto puramente olfativo eles serem diferentes (à parte da rosa muito presente em ambas as composições).  Kelly Calèche, uma variação do tipo de fragrâncias florais rosa-couro, também vem à memória, mas Galop oferece uma versão muito mais rica e mais nobre. A suavidade e delicadeza do couro evoca também Cuir d'Ange, a bela criação de Jean-Claude Ellena para a coleção Hermessences. Sofisticado sem ser aparatoso, Galop veste o estilo clássico e muito feminino com um toque moderno, enquanto se mantém fiel ao espírito da casa. Esta é uma fragrância muito bela, intemporalmente chique e muito "Hermès", que Christine Nagel nos convida a descobrir.

Notas: Pele de Bezerro Doblis, Rosa, Marmelo, Açafrão

Perfume:  225 euros/50 ml, recarga : 260 euros/125 ml

 

Sophie Normand, 

Editora, Escritora e Tradutora

Sophie Normand sempre foi uma entusiasta dos perfumes, desde quando tinha 13 anos de idade. Há alguns anos atrás, quando trabalhava como redatora na web, ela decidiu compartilhar sua paixão em um blog chamado MyBlueHour. Hoje, ela é escritora freelance (profissional autônomo), mas acima de tudo, continua sendo uma amante de perfumes esmagadores que gosta de compartilhar na internet.

Tradução: Miguel Matos

 



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

Giseleuchoa
Giseleuchoa

Que cheiro será que tem pele de Bezerro Doblis?

Aug
26
2016

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Marcas populares e perfumes: