📡 Fragrantica team reporting Esxence live now from Milan, Italy! Click to watch! 📺
Avaliação de Fragrâncias Chanel №5 e №5 L’Eau: Uma Revolução

Chanel №5 e №5 L’Eau: Uma Revolução

10/01/16 10:21:29 (2 comentários)

por: Matvey Yudov

Chanel No 5 Collage

É incrível o fato de que Chanel №5, sendo o perfume mais famoso e mais vendido do mundo há décadas, ainda não tenha sido estragado com toneladas de edições limitadas e modificações de todos os gêneros. Houve apenas umas poucas.

Inicialmente, o Número Cinco apareceu em 1921 como parfum, seguindo-se a Eau de Cologne. Pouco depois foi feita a Eau de Toilette. O autor de todas as três versões foi o lendário Ernest Beaux.

Ernest Beaux conseguiu fazer o primeiro perfume de fantasia abstrata, principalmente graças à sobredosagem de aldeídos saturados – componentes sintéticos que possuem um cheiro especificamente encerado e soapy, reminiscente de casca de limão e uma veça acabada de apagar ao mesmo tempo. Ernest Beaux não teve a ideia de usar aldeídos quando trabalhava para a Chanel, ele usou alguns desenvolvimentos de seu trabalho anterior antes da revolução, na fábrica Rallet em Moscou. De acordo com diferentes fontes, nas diferentes versões de Chanel №5 existe aproximadamente 0,2-0,3% de Decanale (C-10), Undecanal (С-11) e Dodecanal (С-12), ou Methylundecanal (C-12 MNA).

Foi um total refresh nas tendências quando Chanel №5 apareceu no mercado, mas logo depois, seguindo o seu sucesso, muitas cópias por outras marcas apareceram, marcando Chanel №5 como um clássico. Há várias décadas que consideramos os perfumes florais aldeídicos como aromas de status e idade.

As mudanças no Número Cinco aconteceram com um convite ao novo perfumista residente da Chanel Jacques Polge no final fos anos 70. Em 1986, ele criou Eau de Parfum: foi uma tendência nessa época, a nova versão não continha tinturas naturais de almíscar e civetone, musk ambrette e uma incrível quantidade de 4% de absoluto de jasmim. Em vez disso ela continha polysantol, um sintético de sândalo extremamente duradouro, mais conhecido por sua sobredosagem em Guerlain Samsara.

A linha de concentrações foi completada. A hora dos flankers chegaria mais tarde, no século XXI. Em 2004, Chanel №5 Elixir Sensuel foi lançado agradando ao público em geral, mas sendo rejeitado pelos críticos. Três anos mais tarde foi introduzida outra interpretação de Jacques Polge sob a forma de Eau Première.

No ano passado (2015), a Chanel contratou o filho de Jacques Polge, Olivier Polge, como principal perfumista de Les Parfums Chanel, e parece ter sido um match perfeito para a estética da casa. Extremamente talentoso e com seu próprio estilo reconhecível, Olivier Polge já era bem conhecido por seus êxitos entre o luxo e o nicho, antes de seu trabalho para a Chanel.

Um ano antes ele recebeu uma oferta oficial, Olivier criou um flanker de Chance,  Eau Vive, e dois perfumes para a linha Les Exclusifs (a atalcada violeta de Misia e o fougere feminino Boy).

Na primavera de 2015 soubemos através da Chanel que o novíssimo Chanel №5 L’Eau agendado para ser lançado no outono de 2016, era criado por Olivier Polge em sua nova posição como perfumista residente.

O novo Chanel №5 L’Eau é a interpretação mais fresca e mais leve do Número Cinco. Em L’Eau, o acorde aldeídico está próximo do clássico, mas inteligentemente decorado com materiais modernos. O buquê central floral de ylang, rosa, jasmim, e neroli parece muito familiar, mas a ênfase passou do intenso e tropical ylang para a rosa aquática e leve e o vaporoso neroli. O acorde final de L’Eau e também muito delicado, amadeirado almiscarado, e não tem quase nada daquilo que fez o original tão denso e imperioso: não há presença de íris, patchouli, vetiver, musgo de carvalho ou notas animálicas; elas não são necessárias na "Água".

um raro exemplo de simbiose de ciência acadêmica e música relativamente nova

Uma interpretação refrescante do clássico é um desafio. Do meu ponto de vista, numerosas gravações áudio da categoria "clássicp com um toque moderno" são lixo sem qualquer valor para os jovens e não têm o respeito dos connoisseurs de música clássica. Transferindo o mesmo para a perfumaria, devo admitir que Olivier Polge atingiu o impossível – ele agradou as moças e suas avós. E não há rejeição por parte dos homens; por exemplo, eu o uso por vezes com enorme prazer.

 

Mat Yudov

Mat Yudov é um químico, perfumista e músico. Mat é um investigador e especialista na química de materiais aromáticos. Ele se formou na Universidade Estatal de Moscou "Lomonosov" em 1999. Ele escreve no popular blogue de perfumes  leopoldray.blogspot.com 

(em russo).

 

Tradução: Miguel Matos

MEH 



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

dirasosi
dirasosi

Já comprei, bem cítrico no início, depois tem rosa ylan ylang e jasmim, e um fundinho de cedro, almiscar, baunilha e lirio florentino. Bem mais suave fresco e jovial que o original, lembra assim um gin tónico que depois fica floral e doce.

Oct
02
2016
Giseleuchoa
Giseleuchoa

Estou curiosíssima com este lançamento, entrou para minha lista "quero" no escuro mesmo. Confesso que por muito tempo torci o nariz para o chanel 5, porém com o lançamento da versão première revi meus conceitos e cedi ao famoso perfume propagado por Marilyn.

Oct
01
2016

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Novos perfumes

ChurchillBahoma London
Churchill

K2Bahoma London
K2

No. 5 Tropical JungleThe Trend by House of Sillage
No. 5 Tropical Jungle

No. 4 United We StandThe Trend by House of Sillage
No. 4 United We Stand

No. 3 Beauty & GraceThe Trend by House of Sillage
No. 3 Beauty & Grace

No. 2 Hot in CamoThe Trend by House of Sillage
No. 2 Hot in Camo

No. 1 Polka Dot DanceThe Trend by House of Sillage
No. 1 Polka Dot Dance

Black OrrisBahoma London
Black Orris

Bois de RoseBahoma London
Bois de Rose

JolieBahoma London
Jolie

Pepe & MentaSinfonia di Note
Pepe & Menta

PatchouliSinfonia di Note
Patchouli

HoS N.004House Of Sillage
HoS N.004

TuberosaBahoma London
Tuberosa

Ombrella CrashJacques Zolty
Ombrella Crash

Belle de JourBahoma London
Belle de Jour

Sparkling SandJacques Zolty
Sparkling Sand

VeleTiziana Terenzi
Vele

CasTiziana Terenzi
Cas

KaffTiziana Terenzi
Kaff

FoconeroTiziana Terenzi
Foconero

DeloxTiziana Terenzi
Delox

PorporaTiziana Terenzi
Porpora

EclixTiziana Terenzi
Eclix

BardiglioI Profumi Del Marmo
Bardiglio

FantasticoI Profumi Del Marmo
Fantastico

Hamaca27 87
Hamaca

Roja Dove Parfum Royale #2Roja Dove
Roja Dove Parfum Royale #2

Secret of SuccessState of Mind
Secret of Success

 L'Ame SlaveState of Mind
L'Ame Slave

Marcas populares e perfumes: