Avaliação de Fragrâncias Ann Gerard Rose Cut

Ann Gerard Rose Cut

08/31/15 08:45:02 (Um comentário)

por: Sergey Borisov

Ao ler outra peça sobre um lançamento de uma frgarância de rosas, inadvertidamente coloquei a questão: “Será que precisamos de outro perfume de rosas?” Depois respondi eu mesmo: “Tal como novos livros ou canções!” A rosa é bela. A rose é incansável. É difícil desperdiçar a rosa num perfume. A rosa inspira artistas, poetas e pessoas comuns, sendo o símbolo da beleza natural.

Os joalheiros também se inspiram na rosa. Em meados do século XVI, os joalheiros de Antuérpia inventaram uma nova forma de cortar as pedras preciosas e lhe deram o nome em honra da rosa—“rose cut.”

Uma base plana sem pavilhão, a face coberta de facetas simétricas triangulares (desde seis facetas até 24 facetas no Full Rose cut—saiba mais aqui), as pedras em Rose Cut precisavam de mais luz, e eram muitas vezes colocadas sobre uma camada de folha de prata ou de ouro nas jóias. Dizem que os diamantes vintage em Rose Cut estão outra vez na moda, e isso se deve em parte ao fato de que o rose cut representa a origem antiga da pedra, ou talvez de toda a peça.

Full Rose Cut aka Dutch Rose. Foto de jewelryexpert.com

A joalheira parisiense e diretora artística de sua própria casa de perfume Ann Gerard decidiu usar o nome como forma de unir o mundo da alta perfumaria ao mundo da alta joalharia. Eu não sou joalheiro para avaliar o nome, mas pode-se esperar que Rose Cut seja um perfume com uma fragrância discreta e suave. O mesmo estilo discreto deverá ser esperado na base das fragrâncias anteriores de Ann Gerard Parfums, criadas por Bertrand Duchaufour. Parece que o estilo gracioso, discreto e modesto dos perfumes invulgares é congruente com a joalheria de Ann Gerard, que não enche o olho e não é feita de peças de bling-bling para mostrar o dinheiro que se gastou.

Rose Cut cintila, um pouco intoxicado e um pouco especiado, como bolhas numa taça de champanhe, como olhos brilhantes após algumas bebidas com morangos. Um pouco como glitter rosa suave com sabor de bagas em seus lábios e cheiro de sabonete de morango.

A doçura de Rose Cut parece com a das bagas com ligeira infusão alcoólica no início, como morangos em Kir Pêche, como as pétalas de uma rosa em xarope suave de baunilha e finalmente xarope com fumaça. A lânguida rosa caminha na fumaça no seguimento de um fantasma de patchouli e rapidamente se perde numa núvem doce-resinosa de benjoim e baunilha.

Fruitcholi? Chypre Moderno? Floriental? Bem, Rose Cut pode ser incluído em qualquer destes grupos modernos com um adjetivo adicional: “leve.”


Incrivelmente maravilhosa no blotter e nas roupas, a balsâmica rosa de Rose Cut em minha pele fica reduzida prematuramente e rapidamente passa a uma secagem suave e persistente tornando-se numa baga rosa meio-sobremesa, meio-fumaça, sendo suave e quente. É mais como um sussuro do que um perfume. Isso não é um defeito — todos os pais que já ouviram a primeira palavra “papai” de seus filhos podem confirmar que um sussurro pode ser tão poderoso como um grito.

Turmalina

Se tentarmos comparar o perfume com pedras preciosas, então eu não escolheria o diamante, nem sequer um vintage, pois Rose Cut Ann Gerard não se compara a esta pedra por sua resistência, durabilidade ou brilho. Permitam-me que o associe com um rubi translúcido de uma coleção indiana colorido como geléia de cereja ou mesmo uma turmalina rosa.

Esta é apenas mais uma rosa Rosa—não uma rosa a cheirar a batom, não um cheiro realista de um jardim de rosas, não uma rosa aldeídica e saponácea, não o casamento clássico de rosa com jasmim e violeta, não um severo chypre de gálbano com rosa, não uma rosa aquática—é outra Rosa. Na Terra, as rosas e os perfumes de rosas são mais difundidos do que os diamantes. Talvez seja por isso que há mais amantes de perfumes de rosas, e os perfumes de rosas, por norma, são mais baratos do que as jóias.

Ann Gerard Rose Cut

Notas: Aldeídos, Pimenta rosa, Absoluto de rum, Rosa, Peônia, Patchouli, Baunilha, Benjoim, Absoluto de carvalho.

 

No Brasil a marca Ann Gerard está presente em exclusivo na Cosmopolitan do Brasil.

 

 

Serguey Borisov

Serguey Borisov é conhecido no mundo dos perfumes na Internet sob o nickname moon_fish há mais de dez anos. Ele escreve sobre perfumes para a GQ.ru e a Vogue.ru, e colabora para outras revistas sobre este assunto.

 

Tradução: Miguel Matos

 

 



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

AlexandreP
AlexandreP

Tive a oportunidade de conhecer a Ann Gérard num evento na loja Cosmopolitan (fica no Lago Sul, em Brasília) em que ela nos apresentou seus perfumes. Rose Cut é MUITO BOM! Junto com Ciel D'Opale, achei o melhor entre os quatro perfumes que já lançou.

Aug
31
2015

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Marcas populares e perfumes: