Designers » F-H » Oriental Floral « Grupos

L'Heure Bleue Guerlain Feminino

L'Heure Bleue Guerlain Feminino
tenho
tive
quero
Ama
Gosta
Não gosta
Inverno
Primavera
Verão
Outono
Dia
Noite
Total de pessoas votaram: 27
Feminino 25- 25+
Masculino 25- 25+

tenho: 22 tive: 7 quero: 37

Principais acordes
floral
atalcado
amadeirado
especiado quente
aromatic
Imagens
L'Heure Bleue Guerlain Feminino Imagens L'Heure Bleue Guerlain Feminino Imagens L'Heure Bleue Guerlain Feminino Imagens L'Heure Bleue Guerlain Feminino Imagens

L'Heure Bleue de Guerlain é um perfume Oriental Floral Feminino. L'Heure Bleue foi lançado em 1912. O perfumista que assina esta fragrância é Jacques Guerlain As notas de topo são Anis, Coentro, Néroli, Bergamota e Limão verdadeiro ou siciliano as notas de coração são Cravo, Orquídea, Jasmim, Trevos, Néroli, Heliotrópio, Ylang Ylang, Rosa búlgara, Violeta e Tuberosa as notas de fundo são Íris, Sândalo, Almíscar, Benjoin, Baunilha, Vetiver e Fava Tonka

Perfume rating: 4.00 out of 5 with 27 votes.

Pirâmide olfativa

Topo Notas
Anis Coentro Néroli Bergamota Limão verdadeiro ou siciliano

Meio Notas
Cravo Orquídea Jasmim Trevos Néroli Heliotrópio Ylang Ylang Rosa búlgara Violeta Tuberosa

Base Notas
Íris Sândalo Almíscar Benjoin Baunilha Vetiver Fava Tonka

Notas principais de acordo com o seu voto

Loading...

Longevidade

mova o cursor para votar

Votos dos usuários
Fraca 0
 
Fraca 0
 
Moderada 0
 
Longa duração 1
 
Duração muito prolongada 3
 

Projeção

mova o cursor para votar

Votos dos usuários
Suave 0
 
Moderada 2
 
Marcante 4
 
Poderosa 1
 

Mais informação sobre a fragrância em inglês / More in English language about L'Heure Bleue by Guerlain.

Este perfume me lembra do  
Esprit d’Oscar
14 não sim
Apres l'Ondee
0 não sim

Advertisement

L'Heure Bleue Resenhas de fragrâncias

Renato Carvalho
Renato Carvalho

Realmente o perfume Toque de Amor da Avon é identico a esse perfume! O Oscar de La Renta feminino também é igualzinho, os três têm o mesmíssimo cheiro.

Jun
07
2016
natisuemi
natisuemi

Eu tenho muita curiosidade nesse perfume, porque eu li Outlander a Viajante do Tempo, após segunda guerra mundial, a personagem principal usa esse perfume. Ela passa um pouco na escova e passa nos cabelos, deixando-os perfumado para quando o marido chegasse...ai ai

Oct
06
2015
Bira
Bira

Uma das melhores aquisições que fiz em 2014. L'Heure bleue é uma jóia engarrafada docemente atalcada pela ìris, com notas deliciosas de rosa, violeta, jasmim e cravo-flor. Anis, muito anis, servido delicadamente numa plataforma abaunilhada de heliotrópio, benjoim e sândalo. Como já li: uma "tortinha de amêndoa atalcada". Projeção e duração exemplares. Foi um dos poucos que me renderam 3 elogios empolgados num dia só.
Possui um "quê retrô" delicioso, que lhe confere um ar misterioso deliciosamente gótico. L'Heure bleue transporta a alma para uma noite fria, calma e de céu anil, limpo, pincelado de estrelas e iluminado pelo luar silencioso que banha de prata os jardins ao redor, perfumados por cravos, rosas, damas da noite e angélicas....
Essa é a "minha hora azul" com ele....triste, mágica e onírica.
Para ouvir cheirando e contemplando o luar: "Danny boy", Hayley Westenra.

Aug
24
2015
Cética
Cética

Muso master! Sei que o nome é L´heure bleue, que tem uma aura melancólica, nostálgica, ... mas me dá uma alegria quando sinto esse cheiro :D

Esse anis é de uma graça sem igual. Regado a iris e com especiarias deliciosas, imagine só. O benjoim aqui é mansinho, não é aquele medicinal - que pode ser muito interessante também, mas não aqui. Impera a delicadeza, porém está longe da linha do talco de bebê. Ele é até "zécsi", mas o sexy do início do século XX, quando Chanel começou a dar os primeiros passos na venda de chapéus, antes de empreender a grande revolução no vestuário feminino.
A doçura dele não está à venda nas lojas de doces, é suave, atalcada e muito bem dosada.

Esse comprei à luz da época, então não foi no escuro. Nem olhei muito as notas. Mas tanto ele quanto seu irmão mais novo baladeiro (para as festas e os grandes bailes do primeiro pós-guerra) Mitsouko não possuem traços artificiais, são anteriores à onda dos aldeídos que ganhou força com o Chanel nº 5. Dois, aliás, três perfumes lindos e peculiares.

Jul
26
2014
moreorlessa
moreorlessa

L'Heure Bleue é super retrô e à moda antiga. Não tem nada de jovial nem de contemporâneo. O anis parece o deixar meio antiquado. E é simplesmente maravilhoso!

Super atalcado, doce na medida certa e amadeirado. Embora projete bastante e dure o dia todo, ele tem uma "textura" macia, que me traz a sensação de conforto.

Feb
18
2014
Guest_Oliverwoof Austin
Guest_Oliverwoof Austin

"Nathaniel, gostaria de chegar naquela hora da noite ...", por volta de 11 horas, na qual por medo, desespero, insegurança ou solidão, parece que tudo se reduz à escuridão da noite, de uma noite sem fim. Mas venho para dizer que dentro de poucas horas, um novo dia surgirá dessa mesma escuridão, dando início a mais um dia, que dará início a outra noite, e assim por diante, até o final dos tempos, do nosso tempo. Aquele trecho de Frutos da Terra, de André Gide, marcou muito a minha adolescência, mas hoje não me lembro mais porquê. Esqueci, também, o resto do pensamento. Ficou na memória apenas ... chegar naquela hora da noite ... Com relação a L'Heure bleue, não é nada disso. Apenas me deixei levar por essa que é a impressão dominante nas resenhas. Outra imagem recorrente é a do casrelo abandonado, decadente, cheio de bolor. Dos três clássicos da Guerlain, juntamente com Mitsouko e Shalimar, L'Heure bleue é o que me parece mais deslocado no tempo, mas mesmo assim, ainda não sinto LB como datado. Faz sentido? Depende da perspectiva de cada um. Datado, para mim, é um dauqles vestidos com ombros largos dos anos 80, que formavam uma espécie de triângulo com a base para cima, tão característico daquele tempo. Quando penso em algo datado, surge na minha mente um tipo de desconforto, ou físico ou social. Nessa perspectiva, não acho L'Heure Bleue datado. Ele apenas não segue a tendência atual, das fragrâcias que vieram para as prateleiras das lojas recentemente. Definitivamente, aí eu concordo. L'heure Bleu não se encaixa no grupo. Vai ser o marginal, que está à margem. E fatalmente, perfume da vovó. Afinal de contas, já completou um século de existência. Para mim, LB pode não ser um perfume borbulhante, efervescente, otimista, mas mostra que a escuridão, a noite, é passageira. E que haverá outras possibilidades. antes da noite, escuridão, cair novamente. É, antes, de tudo, momento de reflexão.

No site monsieurguerlain.com, ficamos sabendo que o perfumista da Guerlain nunca começa um novo perfume do zero, como uma tela em branco, ou folha de papel. Ele começa com uma fórmula já existente, que vai sendo borrada, para através do contraponto e do exagero de notas, dar contorno à nova fragrância. Por isso, os perfumes da Guerlain apresentam um, ou alguns traços comuns, o que faz com que eles se mesclem ums aos outros criando, dessa forma, uma zona de segurança eficiente para os amantes da guerlain, que dizem, é a personificação do perfume francês. E não se pode esquecer a Guerlainade, todo perfume deve conter notas de Rosa, Jasmim, Tonka, Íris, Baunilha, Flor de laranjeira e Sândalo. Esse é o caminho que se percorre ao lado de um Guerlain.

Sendo assim, o que mais chama a minha atenção em L'Heure Bleue é de um lado o cravo, a flor, muito natural e sem exageros, como pode acontecer facilmente com um aroma tão forte e característico, e do outro o cravo da índia,a especiaria que confere um adocicado extra a composição, bem como profundidade. Não sinto muito o cítrico na abertura. O floral é austero, delicado, feminino, ma non troppo. O atalcado da íris não domina toda a composição, mas está bem presente. As especiarias, a baunilha e benjoin se encarregam do orientalimo de LB. Sândalo e vetiver incorporam o aspecto masculino, também muito importante para a Guerlain. L'Heure Bleue é muito complexo. Tentar identificar, se for possível, suas notas será tarefa para muitos anos de observação contante. tarefa essa que eu não me incomodo nem um pouco de me dedicar a ela.

Talvez seja a soma de todos esses aspectos que passe essa impressão de nostalgia, de paraíso perdido, de eras/tempos melhores, mesmo que apenas na memória coletiva. Por mais que eu goste do perfume da Chanel, L'Heure Bleue não é mais um Coco Mademoiselle. Ele, eles são muito mais que isso. Pelo menos, não se pode dizer que todo mundo está usando L'Heure Bleue.

EDP, 2013

Jan
29
2014
Ana_Raio
Ana_Raio

Clássico e melancólico... Assim defino o L'Heure Bleue. Algo dele me remete ao Shalimar, excluído o toque oriental... Trata-se de um perfume estilo vintage, adulto, requintado, singular, nostálgico. Não encontro nada parecido nas prateleiras das lojas... A sensação que tive foi como usar um vestido de época feito sob medida para mim... (sem pretensão... rsrsrs).

Jan
16
2014
Naty_sinfoniaagridoce
Naty_sinfoniaagridoce

Está na pele, estou esperando evoluir...mas a 1ª impressão que eu tive é de que fizeram este perfume e depois quiseram fazer perfumes para as mocinhas mais jovens..
Seguiram duas vertentes, uma resultou no Samsara, a outra resultou no La Petit Robe Noir!
Perfume não deve ser rotulado, eu sei disso! Mas para mim, como a Gatoburi disse, as moças do Titanic deviam exalar L'Heure Bleu! Se tivessem sobrevivido, e tido filhas e netas, suas netas usariam Samsara e suas bisnetas ou tataranetas usariam La Petit Robe Noire..
E eu que não sou boba, uso os 3!! kkkkk

Dec
30
2014
Richelle
Richelle

Nossa! Relato legal demais, Renata! Eu não conhecia a Mon Absolu, achei o site e agora não vejo a hora de conhecer pessoalmente! Quanto ao L'Heure Bleu, desconfio que com o clima do Rio eu teria que ter uma relação mais "contemplativa" com ele...

Sep
08
2013
gatoburi
gatoburi

Concordo, jameshb, perfume compra quem quer, e quem tem $$$ para comprar deve ser maior e vacinado e saber o que faz. Essa onda "politicamente correta" é uma das maiores idiotices dos últimos tempos.

Aug
14
2013
gatoburi
gatoburi

Quando eu penso que esse perfume foi lançado antes da Primeira Guerra, em plena Belle Époque, e que as damas nos salões do Titanic deviam deixar um rastro deste perfume (então recém-lançado) quando passavam, bem ... é preciso ter respeito por esta beleza.

Ele cheira a eras passadas, mas não o acho datado. Tem a luminosidade de um quadro de Manet, é de outra era mas é eterno. A saída é anisada, o meio é floral, com a famosa rosa-vinil do Shalimar no meio - ainda que em mim o heliotrópio deu mais o tom. E o fundo de sândalo, almíscar e benjoim dão um tom grave de talco e sabonete antigos e finos.

O chamam de melancólico. Acho que não. Apenas sério.

Jul
29
2013
Jernê Knowles
Jernê Knowles

Estou num jantar à luz de velas e tenho muito dinheiro no bolso. A sensação de luxo e riqueza que o atalcado dele nos remete é divina! Posso estar precipitado, mas é o melhor atalcado que já senti até hoje. Que Benjoim é esse? Que Coentro equilibrado é esse que não fede a sovaco, ao contrário, mesclado ao veludo do Heliótropo o deixa confortável? E esse Cravo inteligente e maduro que sabe o que quer ser dentre as outras notas?! É datado sim, mas não o considero pesado como outros da Guerlain, o Anis nele é na medida certa, nada de exageros nele. Fixação e Projeção, sem comentários de tão boas que são! Clássico sem cheiro de velharias! Eu queria ser mais justo nas minhas palavras, mas não consigo. Isso é L'Heure Bleu!

Dec
17
2012

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Esta página contém informações, resenhas, notas olfativas de perfumes, imagens, notícias, posters vintage e vídeos sobre Guerlain L'Heure Bleue fragrance mas nós não garantimos a exatidão das informações publicadas aqui. Se você possuir mais informação sobre Guerlain L'Heure Bleue, você poderá adicionar uma resenha pessoal do perfume. Fragrantica tem seu próprio sistema de classificação e você poderá classificar L'Heure Bleue de Guerlain. Clique na opção apropriada nas opções de classificação abaixo da imagem do perfume. Você também encontrará links para sites de terceiros e lojas, mas Fragrantica não tem acesso ou controle sobre estes sites. Nós não damos qualquer garantia ou aceitamos a responsabilidade pelo o conteúdo que você encontrará quando visitar estes links. Também não aceitamos nenhuma consequências futuras, incluindo e não limitando, por exemplo, às perdas monetárias decorrentes de compras feitas. As resenhas de membros de L'Heure Bleue de Guerlain representam as opiniões pessoais somente de seus autores, e não expressam ou refletem a opinião do site Fragrantica.

Advertisement

Quem gosta deste, também gosta de
Guerlain Shalimar Guerlain Shalimar Parfum Initial Chanel Chanel N°5 Tom Ford White Patchouli Givenchy Organza Cartier La Panthere Chanel Chanel No 19 Eau de Parfum Chanel Chanel No 5 Eau de Toilette Lalique Encre Noire Christian Dior Dior Addict Eau de Parfum Guerlain Guerlain Shalimar Parfum Initial L'Eau Guerlain Mitsouko Eau de Toilette Cacharel LouLou Hermes 24 Faubourg Van Cleef & Arpels First Robert Piguet Fracas Chanel Chanel No 19 Poudre Lancome Tresor Thierry Mugler Alien Chanel Cristalle Eau de Toilette

Advertisement

Marcas populares e perfumes: