Matérias primas SÉRIE OUD: Como Queimar Madeira de Oud

SÉRIE OUD: Como Queimar Madeira de Oud

02/21/14 04:56:23

por: Jordan River

Foto: Saeed Al Khaili

David Falsberg, perfumista de Phoenicia Perfumes, tem um nariz de cão-alfa como resultado de uma doença grave. Desde então ele virou seu nariz em direção à perfumaria com resultados notáveis, alguns dos quais reveremos mais tarde nesta série. Vamos descobrir mais sobre David e outro de seus interesses olfativos: queimar madeira de oud. Passo a palavra a David...

Pedaço de Madeira de Oud, Foto: Saeed Al Khaili

Minha Viagem Perfumada pelo Agarwood

Quando me pediram para escrever uma série de perguntas e respostas sobre queimar madeira de oud para o Fragrantica, fiquei confundido entre a simplicidade do assunto—pegue num carvão quente e coloque um pedaço de madeira de oud verdadeira sobre ele—e os temas complexos da etnobotânica, pscoatividade e espiritualidade que se levantam à medida que aprofundamos os mistérios da viagem. Parece um pouco Carlos Castaneda e deve parecer.

O oud, ou agarwood se cria quando os insetos entram num certo tipo de sempre-vivas indígenas do Sudeste Asiático causando uma infeção na árvore. Agarwood—ou Oud—é a resina que a árvore produz para combater a infeção. Com o passar do tempo, a infeção e a imunidade do oud se espalham dentro da árvore. Para outros "ativadores de resina" veja a Parte Dois desta série.

Num passado não muito distante o oud era abundante mas hoje a procura de agarwood excede a oferta e fora da Indonésia a maioria das árvores são agora cultuvadas e cientificamente inoculadas para estimular a produção desta sagrada resina. Estátuas feitas de madeira de oud são a loucura na nova China e este material criou também um mercado negro para a produção de madeira e óleos falsos de proveniência duvidosa.

Pedaços de madeira de Oud de Agarwood Indonesia

Eu já os cheirei e testei a todos—madeira falsa feita com paus pintados com epoxy até ao santíssimo graal da madeira kyara do Vietname pela qual o seu proprietátio pagou quase mil dólares por menos de uma grama de madeira. Basta dizer que normalmente eu queimo madeiras cultivadas adquiridas de negociantes conceituados apesar de ocasionalmente esbanjar em madeiras selvagens vindas do Bornéu, um dos poucos locais onde elas ainda existem.

Quaimar pedaços de oud captura a essência da madeira num perfil de aroma mais completo do que usar o óleo de oud, apesar de no mundo perfeito de um sheikh ele se untar com o óleo ao mesmo tempo que repousa numa tenda sobre as achas em chama o que permite que o fumo do pedaço de madeira ardente fumigue as roupas, o cabelo e a barba.

Pedaços de madeira de oud de Agarwood Indonesia

Atualmente existem queimadores elétricos mas o carvão numa taça ou um mubakhar árabe são os métodos mais eficientes.

Um mubakhar árabe para queimar madeira de Oud, Foto: Saeed Al Khaili

Eu comecei queimando oud num período muito negro de minha vida em que eu achava que tinha muito pouco que valesse a pena viver e buscava níveis mais altos em minha vida espiritual. Meu nariz se tinha tornado hipernósmico após sofrer problemas com meus outros sentidos por isso eu estava aprendendo muito tanto sobre perfumes como sobre madeiras e resinas para queimar e assim eu decidi queimar alguns pedaços de madeira.

Queimar com carvão é a forma mais eficaz de aquecer seu oud. Também faz muito mais sujidade do que com um queimador elétrico por isso muitas vezes uso o queimador elétrico para poupar tempo e manter a limpeza.

No entanto, eu andei atrás do método “grasshopper” e aprendi a queimar usando uma taça de barro cheia de cinza de arroz e carvão japonês para aquecer a madeira.

Os utensílios de que precisará para este tipo de queima são uma taça de barro, cinza de arroz branco para encher a taça e fazer circular o calor, carvão de bambú (não use o carvão normal) e um pequeno par de pinças para colocar a madeira na cinza quente e uma pequena pa para empilhar as cinzas sobre o carvão para conseguir a temperatura desejada. Todos estes utensílios estão disponíveis em Essence of the Ages e eles enviam para todo o mundo.

Cinza de arroz branco de Essence of the Ages
Foto: Essence of The Ages Acho que aprender a queimar oud é uma experiência exploratória; apenas se certifique de que o carvão está sempre quente. Eu geralmente espero 20 minutos, e encho a taça com cinza de arroz o que ajuda a espalhar e a fazer circular o calor. Pessoalmente ponho sempre cinza por cima do carvão para impedir que a madeira queime demasiado rápido dando um odor a borracha. Muita da madeira cultivada é agora cortada em lascas e pode até ser acesa e queimada diretamente.

Para mim foi como uma grande experiência zen brincar com os carvões e fazer pequenas fortalezas de cinza para proteger as minhas queridas lascas do calor excessivo. Sempre queime o oud com a face redonda para baixo e queime apenas de um lado. Se o virar ao contrário produzirá fumo ruim que arruinará o ambiente psicoativo.

Foto: David Falsberg

É possível encomendar as varas cultivadas através da Essence mas para mais altos níveis de ouducação é preciso recorrer a uma pequena elite de dealers de oud, Ensar Oud, AgarAura e Oudimentary são as apostas mais seguras, embora dispendiosas. Se, como eu, você for obsessivamente curioso, existem alguns forums na net onde pode ser histórias daqueles que admiram o oud como o santo graal e apostam suas fortunas em madeira selvagem de caçadores de oud que exploram a selva em busca do último pedaço de oud selvagem sobre a Terra.

Variedade afundada de lascas de oud da Sumatra, Foto: Agarwood Indonesia

Os meus interesses olfativos se expandiram ao ponto de eu não poder perder mais tempo e recursos perseguindo este graal. Mas direi que os nutrientes psicoativos do oud me mantiveram no caminho da vida quando tudo o resto era escuridão. Com diversas fontes de oud existem cheiros diferentes e perfis psicoativos baseados na sua proveniência, idade da árvore, data de infeção; é todo um mundo de nuances tão profundas como a sua curiosidade. Inalei e me senti agarrado ao rico cheiro do verdadeiro oud indiano, suavizado por notas cumarínicas dos ouds do Cambodja e Tailândia e me senti elevado a lugares para além da terra firme—literalmente ouvi sussurros de vozes—enquanto inalava os bafos altamente especiados das lascas selvagens do Bornéu.

É uma viagem ainda que em muitos casos uma viagem triste, reflexo de nossa ecologia, cheirar lascas de árvores que nunca existirão na natureza de novo, mas ao mesmo tempo existe esperança; existe esperança no cultivo e desenvolvimento de plantações de agarwood e nos avanços da ciência na inoculação para que esta nobre resina viva no futuro. Se todos inalarmos oud e permanecermos suficientemente sanos esta nobre resina se tornará sustentável e as propriedades psicoativas e aromáticas do oud iluminação as gerações vindouras.

Lascas de Brunei Supreme Agarawood, Foto: Ensar Oud

Obrigado David Falsberg por acrescentar esta área de sua especialidade à Série Oud no Fragrantica.

Em breve começaremosa olhar para alguns perfumes recentes compostos com o verdadeiro Oud. Mais tarde visitaremos a selva com os Orang-Asli, o povo da selva que são os habitantes originais da Malásia, na sua busca pelas cada vez mais raras árvores do oud. Haverá tigres; ouviremos o RUGIDO e não será o Roar de Katy Perry.


Ligações selecionadas:

Phoenicia Perfumes – website
Página Facebook – Phoenicia Perfumes
Ida Meister – Resenha no Fragrantica do FAR NWEST de Phoenicia Perfumes

Artigos relacionados:

Notas:

kayu gaharu – kayu significa madeira, gaharu significa Oud em Bahasa Melayu (Indonésio / Malaio)
 

Jordan River é o anfitrião de The Fragrant Man e escreve também para Olfactoria's Travels e Australian Perfume Junkies.

Ele cobriu recentemente a primeira colheita do sândalo Santalum album na Austrália. Jordan tem estado a ler o Fragrantica e outros sites de fragrâncias durante muitos anos e aprecia a confluência de subjetividade, conhecimento e opinião. Ele não é um Pontífice do Perfume e gosta sempre de ser esclarecido com o nosso conhecimento e desafiado por opiniões diversas.

 

Os seus perfumes em alta rotação são Jubilation XXV, Cuir 28, Fate Man e Puredistance BLACK. Os seus perfumes para ocasiões especiais são Cuir de Gardenia, Spiced Citrus Vetiver e RealOud Feral..

Traduzido e editado por Miguel Matos



Anterior Matérias primas Seguinte


Advertisement

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Novos perfumes

Bonjour SeñoritaTous
Bonjour Señorita

Mia Me MineHalloween
Mia Me Mine

Gisada UomoGisada
Gisada Uomo

Gisada DonnaGisada
Gisada Donna

KastellorizoMaison de Parfum Berry
Kastellorizo

AdoualaMaison de Parfum Berry
Adouala

Ambre 35Maison de Parfum Berry
Ambre 35

Coeur NoirMaison de Parfum Berry
Coeur Noir

Violette RebelleMaison de Parfum Berry
Violette Rebelle

PortraitMaison de Parfum Berry
Portrait

CathédraleMaison de Parfum Berry
Cathédrale

Éblouissants RefletsMaison de Parfum Berry
Éblouissants Reflets

MystiqueMaison de Parfum Berry
Mystique

LibératriceMaison de Parfum Berry
Libératrice

ConquéranteMaison de Parfum Berry
Conquérante

PuretéMaison de Parfum Berry
Pureté

EnfanceMaison de Parfum Berry
Enfance

WasanbonJ-Scent
Wasanbon

Roasted Green TeaJ-Scent
Roasted Green Tea

AgarwoodJ-Scent
Agarwood

Seven IslandsBombay Perfumery
Seven Islands

SulawesiBombay Perfumery
Sulawesi

MoireBombay Perfumery
Moire

Les CayesBombay Perfumery
Les Cayes

Madurai TalkiesBombay Perfumery
Madurai Talkies

Chai MuskBombay Perfumery
Chai Musk

1020Bombay Perfumery
1020

CalicutBombay Perfumery
Calicut

Angel Eau Sucree 2017Mugler
Angel Eau Sucree 2017

Io Non Ho Mani Che Mi Accarezzino il VoltoUnum
Io Non Ho Mani Che Mi Accarezzino il Volto

Marcas populares e perfumes: