Avaliação de Fragrâncias Resenha: Modern Muse Chic de Estée Lauder

Resenha: Modern Muse Chic de Estée Lauder

10/03/14 07:24:04

por: Elena Knezhevich


Estée Lauder lançou a nova versão do original Modern Muse (2013), Modern Muse Chic. O frasco é o mesmo com apenas a adição da palavra "Chic" e pontos de petal no laço de plástico na tampa.

Quando vaporizei cheirei imediatamente o calor do lírio. Que agradável saudação, pensei. O original, sem mais análises, é um perfume floral solar, apenas com notas frutadas de citrinos, que são muito importantes para toda a imagem deste perfume. Os citrinos o realizam: eles moldam as flores, trazem luz e induzem a um bom astral. Os citrinos fazem também com que cheire a clássico com todas as palavras e detalhes "modernos".

O novo Modern Muse Chic é uma interpretação próxima do original. Minha primeira impressão, como disse, foi de uma bela recepção de lírio. Essa flor, com toda sua brancura e frescor, esconde uma nuance negra especial lá dentro—uma ligação à noite quando cheira mais forte, como muitas outras flores. Este calor arredonda todas as arestas e suaviza a textura. Adoro este lírio imaginário, que é algo entre o cheiro de um verdadeiro lírio Madonna e nossa imaginação dele, como em Serge Lutens Un Lys. Reconheci esta bela sensação na abertura de Modern Muse Chic e me agradou muito.

O resto tem mais a ver com a química da comunicação entre o perfume e sua pele. O lírio de Modern Muse Chic aparece rapidamente em todas suas cores: se torna frutado, demasiado escuro para uma flor inocente. Este lado frutal pode vir da ameixa, pois os citrinos foram afastados do centro, e sente-se uma falta de luz. Modern Muse Chic é mais escuro, mais animálico. Se a original é certamente uma fragrância diurna, a versão Chic é para a noite.

No novo Modern Muse Chic os criadores quiseram mudar a tônica para o amadeirado patchouli com camurça, e isso sente-se na base, mas também lhe dá alguma sujidade ao buquê branco do centro (mais jasmim e madressilva no original, e mais lírio em Chic). Sem uma boa porção de citrinos do original, as notas florais são emudecidas, o que pode ser uma vantagem para quem considera o original demasiado forte e brilhante.

Gostaria de partilhar convosco o filme Modern Muse Moments de Steven Sebring para a Estée Lauder. Se não o inspirar a comprar o perfume, certamente o inspirará a mexer-se, em todos os sentidos da palavra. O filme apresenta a bela bailarina Amandine Albisson:

Fonte: Experiência pessoal e o press release EL

Elena Knezhevich fundou o Fragrantica juntamente com Zoran Knezevic em 2007. Desde então, Elena tem trabalhado no seu design e conteúdos como Editora-Chefe.

Elena nasceu na Rússia, estudou línguas Eslavas e literatura em Moscovo, e viveu em Sarajevo e Belgrado, onde a ideia do Fragrantica nasceu. Vive atualmente na California. "Eu tive um estilo de vida nómada desde que nasci, mudando de casas, cidades e países. Adoro ter esta ilha na Internet que eu construí para mim própria, que posso alcançar a partir de todo o lado e sentir-me em casa."

Tradução: Miguel Matos

(miguel@fragrantica.com).

 



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Advertisement

Marcas populares e perfumes: