Avaliação de Fragrâncias Christian Dior: Elixires em Óleo

Christian Dior: Elixires em Óleo

05/17/16 05:47:55

por: Sergey Borisov


Les Elixirs Precieux Christian Dior foram lançados em 2014. O perfumista residente da Dior, François Demachy, desenvolveu quatro óleos aromáticos – Rose, Ambre, Musc, Oud – seguindo as tradições árabes de misturar e usar óleos perfumados. Os nomes falam por si próprios; são ingredientes que se pode encontrar em qualquer attar árabe, e é também possível predizer o futuro: Sândalo, Jasmim, Vetiver, Benjoim…

Os clientes do Oriente Médio, destinatários desta coleção, sabem usar estes produtos, mas para os amantes de perfumes em óleo menos experientes há instruções no website Dior. Misturar vários óleos é uma forma de usar um perfume ou, antes, criar um novo perfume na pele, coisa que se encontra frequentemente no Oriente Médio. Primeiramente aplica-se o óleo na pele (pulso, cotovelo, pescoço, zona do decote), depois esfrega-se, e depois vaporiza-se outro perfume sobre o óleo, ou aplica-se outro óleo da coleção. Por exemplo, Rose e Musk, Musk e Oud, ou três ou quatro deles. Dior oferece 11 ideias diferentes para combinações.

Não sei se com estes óleos a Dior é suficientemente convincente para um consumidor experiente do Oriente Médio, mas ouvi reações muito positivas de muitos amigos dos EAU, que gostaram especialmente de Musc Oud. A Dior oferece Les Elixirs Precieux como base para os perfumes regulares Christian Dior.

François Demachy diz-nos que é "uma coleção que pode ser combinada com as fragrâncias de La Collection Privée Christian Dior para as iluminar, fazer contraste, oferecer toda uma nova experiência." Será que precisamos de enriquecer as já bastante complexas fragrâncias de La Collection Privée? Vamos experimentar.

Tive a oportunidade de conseguir um óleo Musc e brinquei um pouco com ele misturando-o com outras fragrâncias Dior. É um frasco pequeno com um aplicador em vidro lá dentro. Este processo de nos perfumarmos faz-me lembrar uma espécie de procedimento cosmético. O óleo é absorvido muito rapidamente pela pele. A fragrância em si é uma combinação de almíscares brancos: gordos e cerosos, uma sensação de creme cosmético com nuances azedas e doces que ficam mais secas e mais atalcadas. É feminino? Não, eu não diria isso, seu lado limpo poderia servir como uma boa base para acordes fougeres, como musgo, cumarina e fava tonka. Musc também cheira positivamente antiquado no bom sentido.

Musc é o tipo de fragrância que satisfaz facilmente, seria até chato, pelo menos para nós próprios, se ela não se recolhesse e ficasse peerto da pele. O óleo dá muito menos rastro do que o álcool, por isso para desfrutar dele é preciso chegar o nariz bem perto. Após um momento já não o vai conseguir cheirar, ficando totalmente acostumado a sua aura, mas o que é mais importante, as pessoas à sua volta vão conseguir cheirá-lo – a suave pungência e doçura da baunilha e da fava tonka. O cheiro do elixir vai e vem o dia todo, dependendo da temperatura de sua pele e da humidade do ar.

Apesar de suave e arredondado, Musc é muito penetrante. Ele suaviza qualquer perfume e faz com que ele dure mais tempo. Lembre-se de que generosamente aplicado, Musc competirá pela atenção com a fragrância que escolher usar em conjunto com ele.

Tentei misturar o novo La Colle Noire de La Collection Privée Christian Dior com o elixir Musc. Havia três pontos em minha pele para comparar: La Colle Noire apenas, Musc apenas e La Colle com Musc. Pensei que Musc acrescentaria uma sensação vintage ao jovem e rosado La Colle, mas isso não aconteceu.

Musc simplesmente comeu La Colle Noire sem deixar rastro (vaporizei uma vez sobre o óleo), e em apenas 5 minutos. Contudo, o meu ponto de controle com apenas La Colle Noir durou muito e não posso dizer que este fosse um perfume fraco. Vaporizei o ponto de óleo com La Colle outra vez, isso ajudou um pouco. Precisei de três generosas aplicações de La Colle para preservar sua radiância rosa sobre o óleo durante mais tempo. Sua bela sensação sedosa e rosada passou a uma secagem amadeirada, no entanto.

Aprendi com esta experiência, e estou certo de que os clientes do Oriente Médio já sabem disto, que é preciso encontrar a proporção certa das fragrâncias que mistura sobre a pele. É preciso algum tempo para encontrar a proporção dourada para desfrutar esta nova fragrância.

Tentei mais uma combinação. François Demachy sugere misturar Musc com Granville. Comecei com duas vaporizações sobre o óleo e comparei com a pura fragrância Granville no outro braço, que é um perfume verde amadeirado com um toque herbal num fundo seco e transparente de alecrim e tomilho. O óleo transformou Granville num oriental fougere ainda muito verde e florestal. Esta foi de fato uma combinação vencedora sem rivalidades injustas: comportaram-se bem alternadamente.

Sigamos o conselho do mestre e tentemos as seguintes combinações: Rose com Bois D'Argent; Ambre com New Look 1947, Oud com Gris Montaigne e Grand Bal. Mas não vos quero desencorajar, tenho a certeza de que encontrará suas próprias combinações perfeitas.

Les Elixirs Precieux não são baratos, mas duram muito tempo e é preciso apenas uma gota para uma aplicação. Divirta-se!
 

Serguey Borisov

Sergey Borisov está envolvido na perufmaria desde o início dos anos 90 quando ele tinha seu programa dedicado aos perfumes “Close to Body” ra rádio Krasnoyarsk (1993). Como entusiasta de perfumes (conhecido como moon_fish), ele se tornou famoso na Rússia pela sua tradução de  Luca Turin Perfume: Le Guide. Ele fez carreira como jornalista de fragrâncias e colaborou com revistas importantes como GQ, Vogue, Elle, Cosmopolitan, Interview, Forbes, Allure, Robb Report, Flacon, Departure, RBC-Style, TSUM-Magazine (2008-2016). Suas colunas online para RBC-Style.ru, Vogue.ru, e GQ.ru (2006-2015) deram-lhe reconhecimento internacional e um convite para ser editor da edição russa de “The Little Book of Perfumes” de Luca Turin & Tania Sanchez.  Sergey Borisov foi convidado como conferencista na Esxence 2012 (Milão) e Intercharm 2015 (Moscou). Em 2013, Sergey integrou a equipe Fragrantica

Traduzido por Miguel Matos.

 



Anterior Avaliação de Fragrâncias Seguinte


Advertisement

Adicione sua resenha

Torne-se um membro desta comunidade perfume online e você poderá adicionar seus próprios comentários.

Advertisement

Marcas populares e perfumes: